Cellera Farmacêutica compra marca e propriedade intelectual de medicamento da Novartis

Em expansão, laboratório brasileiro adquire direitos de antidepressivo Pamelor

O laboratório brasileiro Cellera Farmacêutica adquiriu os direitos de marca e propriedade intelectual do medicamento Pamelor. O produto pertencia à companhia suíça Novartis. O deal foi concluído em 22 de dezembro e o valor da transação ainda não foi divulgado pelas partes.
Fundado pelo empresário Omilton Visconde Júnior em sociedade com o fundo de private equity Victoria Capital Partners, a Cellera Farmacêutica chegou a ser apontado como uma das apostas do setor no início do ano passado. Em abril de 2017, o laboratório comprou o Instituto Terapêutico Delta, que pertencia ao grupo Valeant do Brasil, e passou a deter os direitos de fabricação e venda de 16 medicamentos produzidos pelo Valeant.
Na operação de venda dos direitos do Pamelor, um medicamento antidepressivo a base de cloridrato de nortriptilina, o escritório Pinheiro Neto Advogados assessorou a Novartis.

Fonte: Lexis Nexis, acessado em 12/01/2018