A importância da ingestão de fibras alimentares ou suplementos.

Com certeza você já ouviu falar sobre os benefícios que as fibras encontradas em alguns alimentos trazem para a nossa saúde. Vamos entender melhor sobre o assunto.

Fibras são compostos vegetais presentes nos grãos, verduras, legumes e frutas que não são digeridos pelo nosso organismo, passam quase intactos pelo sistema digestivo e terminam eliminados pelas fezes.

Podemos encontrar as fibras em frutas e cereais integrais, como arroz, trigo, centeio, cevada e aveia. As sementes, como a chia, linhaça e semente de abóbora, também são ótimas fontes de fibras.

Elas podem ser divididas em 2 tipos: fibras solúveis (frutas e legumes) e as insolúveis (cereais integrais, além de verduras e alguns legumes).

As leguminosas, como feijões, lentilha, grão de bico e ervilha, são fontes de fibras solúveis. Já as verduras e legumes contam com fibras insolúveis.

Segundo estudo científico, os efeitos positivos da fibra alimentar no organismo estão relacionados, em parte, ao fato de que uma parcela da fermentação de seus componentes ocorre no intestino grosso, o que produz impacto sobre a velocidade do trânsito intestinal, sobre o pH do cólon e sobre a produção de subprodutos com importante função fisiológica. As recomendações atuais de ingestão de fibras na dieta variam de acordo com a idade, o sexo e o consumo energético, sendo adequada em torno de 14 g de fibra para cada 1.000 kcal ingeridas.

Vamos saber mais sobre os benefícios comprovados das fibras no nosso organismo.

Melhoram o trânsito intestinal: auxiliam na prevenção e tratamento da constipação intestinal. Um dos primeiros sinais da carência de fibras no organismo é a constipação. A suplementação de fibras alimentares pode ser indicada em quem não consegue atingir a quantidade mínima ideal de fibras pela alimentação, apresentando intestino preso ou diarreia. A longo prazo, o consumo insuficiente pode promover o risco de desenvolvimento de doenças crônicas não-transmissíveis, como diverticulose e o risco de hérnias.

Auxiliam no Controle glicêmico: tornam mais lento o processo de absorção dos carboidratos. Com isso, não há picos de glicose e, consequentemente, os picos de insulina não acontecem.

Ajudam no controle dos níveis de colesterol: As fibras solúveis, como a betaglucana presente na aveia, alteram a absorção de colesterol do organismo, auxiliando no controle dos níveis e reduzindo o risco cardiovascular.

Contribuem para a perda de peso: Além de estarem presentes em alimentos de baixa densidade calórica, as fibras estimulam a saciedade, pois refeições ricas em fibras são processadas mais lentamente, retardando o esvaziamento gástrico.

Para fazer seu intestino funcionar naturalmente, você também pode adicionar ao seu dia a dia, os suplementos de fibras. Existem diversas opções para ingestão, até mesmo em gomas, que são práticas e saborosas.

Mas lembre-se sempre, uma alimentação equilibrada, beber bastante água e ter hábitos de vida saudáveis são fundamentais para o bom funcionamento do organismo.

Leia também